Fundações

Um dos assuntos fundamentais para instalações de maquinas, porem, normalmente não considerado tão importante é a fundação da maquina.

Muitas vezes tratado como secundário, ou até, ignorado, o sistema de fundação é apenas lembrado como conseqüência após detecção de algum defeito apresentado pela maquina. As maquinas são normalmente ancoradas a fundação que por sua vez tem como objetivo isolar a maquina de vibrações externa, tanto como isolar a área externa de vibrações gerada pela maquina de vibrações, alem de prevenir contra algum tipo de torção que a maquina possa sofrer. Este documento tem como objetivo de lembrar a todos os envolvidos com vendas, instalações e manutenção de maquinas a importância da fundação, é sempre importante saber sobre qual terreno ela devera ser colocada. Tendo isto em vista, é importante questionar o cliente sobre qual o tipo de solo e piso existente no local onde será instalada a maquina bem como se existem maquinas similares já instalada , ou até mesmo algum outro tipo de maquinas similares, ou até mesmo algum outro tipo de maquina que tenha peso e movimento similar a maquina nova.

AS fundações para maquinas se resumem em sua maioria em três tipos principais

-1 blocos de concreto com área pré determinada de acordo com o tamanho da maquina isolado lateralmente conforme a figura abaixo.

 

-2 Poço feito no solo para alocação da maquina com colunas ou estrutura para suporte dos apoios da maquina como mostra figura abaixo




 

-3 Pequenas caixas feitas no solo nas posições dos apoios da maquina como mostrado abaixo.


 

O calculo exato das variáveis necessárias para determinar uma boa fundação são complexos e incluem analise de vibrações estatísticas e dinâmicas, amortecimento e resistência de materiais, tipos de concreto entre outras analises, no entanto, afim de simplificar o caso e fornecer uma ideia sobre como calcular de forma pratica a resistência mínima de solo e fundação, foram  formulados os cálculos abaixo discriminados:

Onde:

CF: Carga da fundação (peso da fundação) em Kg.

RF: Resistência mínima de fundação em Kg/m²

AF: Área da Fundação m²

CEM: Carga estática da maquina (peso da maquina) em Kg.

CDM: Carga dinâmica da maquina em Kg.

AP: Área de um dos apoios da maquina m²

RS: Resistencia minima do solo em Kg/m²

CDM= CEM*1,5
RF= CDM/(AP*N° de apoios)
RS=(CDF+CF)/AF
Caso o solo não seja suficientemente resistente a carga total exigida pela fundação somada a carga dinamica da maquina, soluções como por exemplo aplicação de estacas devem ser utilizadas. Segue abaixo para exemplificar aplicações de estacas.

Conclusão

Apesar do assunto sobre fundação não ser tão simples é de extrema importância para instalação de maquinas, assim, é preciso sempre informar e orientar o cliente para que o piso tenha a resistência necessária para suportar a carga dinâmica da maquina e a carga da fundação.

Caso persistam duvidas quanto a resistência do solo, o melhor e contratar profissional capacitado para analise.

Vale lembrar que o custo da analise de solo pode ser bem menor que o custo de uma nova fundação.

"Uma fundação apropriada pode ser trabalhosa, porem vale cada minuto despendido em sua construção, pois está diretamente ligada ao bom funcionamento do maquinário instalado."